William Shakespeare

O amor não vê com os olhos, vê com a mente; por isso é alado, é cego e tão potente.

Comentários