Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2008

Caio Fernando Abreu

Subi correndo no primeiro bonde, sem esperar que parasse, sem saber para onde ia. Meu caminho, pensei confuso, meu caminho não cabe nos trilhos de um bonde.

Chico Buarque

Aquela esperança de tudo se ajeitar
Pode esquecer
Aquela aliança, você pode empenhar
Ou derreter

Mas devo dizer que não vou lhe dar
O enorme prazer de me ver chorar
Nem vou lhe cobrar pelo seu estrago
Meu peito tão dilacerado

Aliás
Aceite uma ajuda do seu futuro amor
Pro aluguel
Devolva o Neruda que você me tomou
E nunca leu

Eu bato o portão sem fazer alarde
Eu levo a carteira de identidade
Uma saideira, muita saudade
E a leve impressão de que já vou tarde.

Eternal Sunshine of The Spotless Mind

Constantly talking isn't necessarily communicating.
Em Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças.

Martha Medeiros

Onde é que eu estava com a cabeça, de acreditar em contos de fada, de achar que a gente muda o que sente, e que bastaria apertar um botão que as luzes apagariam e eu voltaria a minha vida satisfatória, sem seqüelas, sem registro de ocorrência?
Eu não amei aquele cara. Eu tenho certeza que não. Eu amei a mim mesma naquela verdade inventada.
Não era amor, era uma sorte.
Não era amor, era uma travessura.
Não era amor, eram dois travesseiros.
Não era amor, eram dois celulares desligados.
Não era amor, era de tarde.
Não era amor, era inverno.
Não era amor, era sem medo.

Rachael Yamagata - Ode To...

My blood
My hand
My soul

I've thrown them onto you without control
The things I freely give, you stole

And now I'm left in pieces

The Raconteurs - Together

You want every morning to be just like
The stories that you read but never write

You gotta learn to live
and live and learn
You gotta learn to give
and waste your term, my only concern

Box Car Racer - I Feel So

SometimesI wish I was smartI wish I made cures for how people are

Mário Quintana

Ah! Essas Precauções... Para desespero de seus parentes, o velho rei Mitridates, como todo mundo sabe, conseguiu tornar-se imune a todos os venenos... até que um bom tijolaço na cabeça liquidou o assunto.

Adélia Prado

Há mulheres que dizem:
Meu marido, se quiser pescar, pesque,
mas que limpe os peixes.
Eu não. A qualquer hora da noite me levanto,
ajudo a escamar, abrir, retalhar e salgar.
É tão bom, só a gente sozinhos na cozinha,
de vez em quando os cotovelos se esbarram,
ele fala coisas como "este foi difícil"
"prateou no ar dando rabanadas"
e faz o gesto com a mão.
O silêncio de quando nos vimos a primeira vez
atravessa a cozinha como um rio profundo.
Por fim, os peixes na travessa,
vamos dormir.
Coisas prateadas espocam:
somos noivo e noiva.

Em Casamento.

Caio Fernando Abreu

Mas de tudo isso, me ficaram coisas tão boas... Uma lembrança boa de você, uma vontade de cuidar melhor de mim, de ser melhor para mim e para os outros. De não morrer, de não sufocar, de continuar sentindo encantamento por alguma outra pessoa que o futuro trará, porque sempre traz, e então não repetir nenhum comportamento. Ser novo.

Alexandre Dumas

Para todos os males, há dois remédios: o tempo e o silêncio.

Winston Churchill

Imagem

Stendhal

Ter firmeza de caráter é havermos sofrido o efeito dos outros sobre nós próprios.

Mick Jagger - Old Habits Die Hard

Old habits die hard
Harder than November rain
Old habits die hard
Old soldiers just fade away
Old habits die hard
Hard enough to feel the pain

And I can't give you up
Can't leave you alone
And its so hard, so hard
And hard enough to feel the pain

Do filme Alfie.

Nicolau Maquiavel

Todos vêem aquilo que pareces, poucos sentem o que és.

E. E. Cummings

(não sei dizer o que há em ti que fecha e abre;
só uma parte de mim compreende que a
voz dos teus olhos é mais profunda que todas as rosas)
ninguém, nem mesmo a chuva,
tem mãos tão pequenas

Cecília Meireles

Mas, agora que o Carnaval passou, que vamos fazer de tantos quilos de miçangas, de tantos olhos faraônicos, de tantas coroas superpostas, de tantas plumas, leques, sombrinhas...?
"Ved de quán poco valorSon las cosas tras que andamos Y corremos..."
dizia Jorge Manrique. E no século XV! E falando de coisas de verdade! Mas os homens gostam da ilusão. E já vão preparar o próximo Carnaval...Do livro Quatro Vozes.

Adélia Prado

O amor quer abraçar e não pode.
A multidão em volta,
com seus olhos cediços,
põe caco de vidro no muro
para o amor desistir.

O amor usa o correio,
o correio trapaceia,
a carta não chega,
o amor fica sem saber se é ou não é.

O amor pega o cavalo,
desembarca do trem,
chega na porta cansado
de tanto caminhar a pé.

Fala a palavra açucena,
pede água, bebe café,
dorme na sua presença,
chupa bala de hortelã.

Tudo manha, truque, engenho:
é descuidar, o amor te pega,
te come, te molha todo.
Mas água o amor não é.

Em Corridinho.

Abraham Lincoln

Quase sempre a maior ou menor felicidade depende do grau de decisão de ser feliz.

Álvaro de Campos

O que há em mim é sobretudo cansaço —
Não disto nem daquilo,
Nem sequer de tudo ou de nada:
Cansaço assim mesmo, ele mesmo,
Cansaço.

A sutileza das sensações inúteis,
As paixões violentas por coisa nenhuma,
Os amores intensos por o suposto em alguém,
Essas coisas todas —
Essas e o que falta nelas eternamente —;
Tudo isso faz um cansaço,
Este cansaço,
Cansaço.

Há sem dúvida quem ame o infinito,
Há sem dúvida quem deseje o impossível,
Há sem dúvida quem não queira nada —
Três tipos de idealistas, e eu nenhum deles:
Porque eu amo infinitamente o finito,
Porque eu desejo impossivelmente o possível,
Porque quero tudo, ou um pouco mais, se puder ser,
Ou até se não puder ser…

E o resultado?
Para eles a vida vivida ou sonhada,
Para eles o sonho sonhado ou vivido,
Para eles a média entre tudo e nada, isto é, isto…
Para mim só um grande, um profundo,
E, ah com que felicidade infecundo, cansaço,
Um supremíssimo cansaço,
Íssimno, íssimo, íssimo,
Cansaço…

Cecília Meireles

Eu deixo aroma até nos meus espinhos
ao longe, o vento vai falando de mim.
E por perder-me é que vão me lembrando,
por desfolhar-me é que não tenho fim.

Marco Aurélio

Pense há quanto tempo você vem adiando!

Euclides da Cunha

Viver é adaptar-se.

Plácida Villamarín Pérez

Seres rico ou pobre, negro ou branco, culto ou inculto, é acidente; mas te comportares como um estúpido é opção tua.

Hi-Chang-Tzu

O homem é a pior aberração da natureza. É capaz de mentir, roubar e matar para conseguir o que quer, mesmo que não saiba o que quer.

Pablo Neruda

Não eras para os meus sonhos, não eras para a minha vida, nem para os meus cansaços perfumados de rosas, nem para a impotência da minha raiva suicida, não eras a bela e doce, a bela e dolorosa.
Não eras para os meus sonhos, não eras para os meus cantos, não eras para o prestígio dos meus amargos prantos, não eras para a minha vida nem para a minha dor, não eras o fugitivo de todos os meus encantos.
Não merecias nada. Nem o meu áspero desencanto nem sequer o lume que pressentiu o Amor.
Bem feito, é muito bem feito que tenhas passado em vão que a minha vida não se tenha submetido ao teu olhar, que aos antigos prantos se não tenha juntado a amargura dolente de um estéril chorar.

Tu eras para o imbecil que te quisesse um pouco. (Oh! meus sonhos doces, oh meus sonhos loucos!)
Tu eras para um imbecil, para um qualquer que não tivesse nada dos meus sonhos, nada, mas que te daria o prazer animal o curto e bruto gozo do espasmo final.
Não eras para os meus sonhos, não eras para a minha vida nem para…

Fernando Pessoa

Eu sou aquilo que perdi.

Sêneca

Toda crueldade resulta da fraqueza.

Ugo Foscolo

Cada lágrima ensina-nos uma verdade.

James Ray

SEJA A PESSOA PELA QUAL VOCÊ QUER SE APAIXONAR.

Confúcio

Contaram-me e Esqueci
Vi e Entendi
Fiz e Aprendi

William Shakespeare

(…) Meu destino me chama; é ele que deixa as menores artérias do meu corpo com a mesma resistência que a dos músculos do leão de Neméia.Em Hamlet.

Os Lobos

Um ancião índio descreveu os seus conflitos internos da seguinte maneira:
- Dentro de mim tenho dois lobos. Um deles é cruel e mau. O outro é muito bom. Os dois lobos estão sempre à briga.
Quando lhe perguntaram qual o lobo que ganhava a briga, o ancião respondeu:
- Aquele que eu alimentar.

William J.H. Boetcker

Que você preserve o seu respeito próprio, pois é melhor desagradar as pessoas fazendo o que você acredita ser o correto do que agradá-las temporariamente fazendo o que você sabe que é errado.

Cláudia Alencar

Hoje há o amor fast-food, fica e tchau. Sou clássica, quero ser tratada como deusa.

Na Revista Caras.

(haha)

Nicolau Maquiavel

Os homens são sempre mais prontos em retribuir injúrias que favores, porque retribuir um favor é uma obrigação e retribuir uma injúria é um prazer.

Gilka Machado

DO SUCESSO NA SUBIDA NUNCA TE ORGULHES DEMAIS MUITO DIFÍCIL NA VIDA É CONSERVAR O CARTAZ

George Bernard Shaw

Não faças aos outros o que queres que te façam; os gostos deles podem ser diferentes dos teus.

Mário Quintana

Ao Pé da Letra: Enforcar-se é levar muito a sério o nó na garganta.

Caio Fernando Abreu

Por isso não importa, eu queria era te dizer dessas vezes em que eu te deixava e depois saía sozinho, pensando também nas coisas que eu não ia te dizer, porque existem coisas terríveis, eu me perguntava se você era capaz de ouvir, sim, era preciso estar disponível para ouvi-las, disponível em relação a quê? Não sei, não me interrompa agora que estou quase conseguindo, disponível só, não é uma palavra bonita?
Sabe, eu me perguntava até que ponto você era aquilo que eu via em você ou apenas aquilo que eu queria ver em você, eu queria saber até que ponto você não era apenas uma projeção daquilo que eu sentia, e se era assim, até quando eu conseguiria ver em você todas essas coisas que me fascinavam e que no fundo, sempre no fundo, talvez nem fossem suas, mas minhas, e pensava que amar era só conseguir ver, e desamar era não mais conseguir ver, entende?

Em Para uma Avenca Partindo.

Ella Wheeler Wilcox

Um barco sai para o leste e o outro para o oeste
Levados pelo mesmo vento que sopra;
É a posição das velas, e não o sopro do vento,
Que determina o caminho que eles seguem.

Como os barcos no mar, assim são os caminhos do destino
Ao navegarmos ao longo da vida;
É a posição da alma que determina a meta,
E não a calmaria ou a briga.

Erasmo de Rotterdam

Rir de tudo é coisa de tontos, não rir de nada é coisa de estúpido.

Albert Schweitzer

Com 20 anos todos têm o rosto que Deus lhes deu; com 40 o rosto que lhes deu a vida; e com 60 o rosto que merecem.

Albert Einstein

Há duas coisas infinitas: o Universo e a tolice dos homens.

Cecília Meireles

Nunca tive os olhos tão claros e o sorriso em tanta loucura. Sinto-me toda igual às árvores: solítária, perfeita e pura.

Bonnie Prince Billy - I Gave You

I gave you ten lives and you wasted twenty.

Mário Quintana

A arte de viver é simplesmente a arte de conviver... Simplesmente, disse eu? Mas como é difícil.

Nelson Rodrigues

A companhia de um paulista é a pior forma de solidão.

George Bernard Shaw

Você aprendeu alguma coisa. Isto sempre parece, à primeira vista, como se tivesse perdido alguma coisa.

Caio Fernando Abreu

Ele gostava quando ela dizia 'sabe, nunca tive um papo com outro cara assim que nem eu tenho com você'. Ela gostava quando ele dizia 'gozado, você parece uma pessoa que eu conheço há muito tempo'. E de quando ele falava 'calma, você tá tensa, vem cá', e a abraçava e a fazia deitar a cabeça no ombro dele para olhar longe, no horizonte do mar, até que tudo passasse. E tudo passava assim desse jeito...

Autor Desconhecido

Você é único. Exatamente como todo o mundo.

Friedrich Nietzsche

A dúvida serena é sinal de saúde. Tudo o que é absoluto pertence à patologia.

Blaise Pascal

Quanto mais inteligente uma pessoa é, mais originalidade ela encontra nos outros. As pessoas comuns não vêem diferença entre os homens.

Clarice Lispector

Sinto a falta dele como se me faltasse um dente na frente: excruciante.

Caio Fernando Abreu

Podia falar de quando te vi pela primeira vez.
Sem jeito, de repente, te vi (assim, como se não fosse ver nunca mais).
E seria bom que eu não tivesse visto nunca mais, porque de repente vi outra vez e outra vez e outra e, enquanto eu te via, nascia um jardim nas minhas faces.
Não me importo de ser vulgar, não me importa o lugar-comum, dizer o que os outros já disseram.
Não tenho mais nada a resguardar - um momento à beira de não ser, eu não sou mais.
Tudo se revelou tão inútil à medida em que o tempo passava, tudo caia num espaço enorme entre eu e você, mas não se culpe, deixa eu falar como se você não soubesse, não se culpe, por favor, não se culpe.
Ainda que esse som na campainha fosse gerado pelos teus dedos eu não atenderia.
Eu me recuso a ser salvo e é tão estranho... o entorpecimento começa pelos pés...

Caio Fernando Abreu

Chorar por tudo que se perdeu, por tudo que apenas ameaçou e não chegou a ser, pelo que perdi de mim, pelo ontem morto, pelo hoje sujo, pelo amanhã que não existe, pelo muito que amei e não me amaram, pelo que tentei ser correto e não foram comigo.
Meu coração sangra com uma dor que não consigo comunicar a ninguém, recuso todos os toques e ignoro todas tentativas de aproximação. Tenho vergonha de gritar que esta dor é só minha, de pedir que me deixem em paz e só com ela, como um cão com seu osso.
A única magia que existe é estarmos vivos e não entendermos nada disso. A única magia que existe é a nossa incompreensão.

Cecilia Meireles

Pus o meu sonho num navio e o navio em cima do mar; — depois, abri o mar com as mãos, para o meu sonho naufragar.

Em A Viagem.

Baltasar Gracián

Pois se é grande lição de vida o saber negar, maior será saber negar-se a si mesmo, aos negócios, às pessoas.
Há ocupações estranhas, carunchos do precioso tempo, e pior que nada fazer é ocupar-se com impertinências.
Para ser avisado não basta não ser intrometido, é mister conseguir que não o intrometam.
Não se há-de ser tanto de todos que não se seja de si mesmo. Tampouco dos amigos se há-de abusar, nem querer deles mais do que concederiam.
Todo o demasiado é vicioso, muito mais no trato. Com essa prudente temperança conserva-se melhor o agrado e a estima de todos, porque não se fere a preciosíssima decência.
Tenha, pois, liberdade de gênio apaixonado do selecto e nunca peque contra a fé do seu bom gosto.

Em A Arte da Prudência.

Antoine de Saint-Exupéry

Para fundar o amor por mim, faço nascer em ti alguém que é para mim.
Não te confessarei o meu sofrimento, porque ele te faria desgostar de mim.
Não te farei censuras: elas irritar-te-iam justamente.
Não te direi as razões que tu tens para amar-me, porque não as tens.
A razão de amar é o amor.
Também não me mostrarei mais, tal como tu me desejavas. Porque tu já não desejas esse. Se não, amar-me-ias ainda.
Mas educar-te-ei para mim. E, se sou forte, mostrar-te-ei uma paisagem que fará de ti meu amigo.

Em Cidadela.

Baltasar Gracián

Não se vive de uma só opinião, de um só uso, de um só seculo. Em A Arte da Prudência.

A. Gramsci

Não há na história, na vida social, nada de fixo, de enrijecido, de definitivo. E não existirá nunca. Novas verdades aumentam o patrimônio da sabedoria; necessidades novas superiores são suscitadas pelas novas condições de vida; novas curiosidades intelectuais e morais pressionam o espírito e o obrigam a renovar-se, a melhorar.

Caio Fernando Abreu

Eu quis tanto ser a tua paz, quis tanto que você fosse o meu encontro.
Quis tanto dar, tanto receber.
Quis precisar, sem exigências.
E sem solicitações, aceitar o que me era dado.
Sem ir além, compreende? Não queria pedir mais do que você tinha, assim como eu não daria mais do que dispunha, por limitação humana.
Mas o que tinha, era seu.

Clarice Lispector

Enfim, enfim quebrara-se realmente o meu invólucro, e sem limite eu era. Por não ser, era. Até ao fim daquilo que eu não era, eu era. O que não sou eu, eu sou.Tudo estará em mim, se eu não for; pois 'eu' é apenas um dos espasmos instantâneos do mundo. Minha vida não tem sentido apenas humano, é muito maior - é tão maior que, em relação ao humano, não tem sentido. Da organização geral que era maior que eu, eu só havia até então percebido os fragmentos. Mas agora, eu era muito menos que humana - e só realizaria o meu destino especificamente humano se me entregasse, como estava me entregando, ao que já não era eu, ao que já é inumano. E entregando-me com a confiança de pertencer ao desconhecido. Pois só posso rezar ao que não conheço. E só posso amar à evidência desconhecida das coisas, e só me posso agregar ao que desconheço. Só esta é que é uma entrega real.Em A Paixão Segundo G.H.

Michel de Montaigne

A minha opinião é que devemos emprestar-nos a outrem e só nos darmos a nós mesmos. Se a minha vontade se mostrasse fácil de se hipotecar e se empenhar, eu não sobreviveria a ela: sou frágil demais, tanto por natureza como por hábito, Avesso às ocupações e nascido para a segurança do ócio (Ovídio).


Em Ensaios.

Caio Fernando Abreu

Às vezes a gente vai-se fechando dentro da própria cabeça e tudo começa a parecer muito mais difícil do que realmente é. Eu acho que a gente não deve perder a curiosidade pelas coisas: há muitos lugares para serem vistos, muitas pessoas para serem conhecidas.

Em Cartas.

Trasíbulo Ferraz - A Orgulhosa

Deixa-te disso, criança,
Deixa de orgulho, sossega,
Olha que o mundo é um oceano
Por onde o acaso navega.
Hoje, ostentas nas salas
As tuas pomposas galas,
Os teus brasões de rainha;
Amanhã, talvez, quem sabe?
Esse teu orgulho se acabe,
Seja-te a sorte mesquinha.

(...)

De nada vale o que tens
Que não me podes comprar;
Ainda que possuísses
Todas as pérolas do mar!
És fidalga? - Sou poeta!
Tens dinheiro? - Eu a completa
Riqueza no coração;
Não troco uma estrofe minha
Por um colar de rainha
Nem por troféus de latão.

(...)

Por isso quando me falas,
Com esse desdém e altivez,
Rio-me tanto de ti,
Chego a chorar muita vez.
Chorar sim, porque calculo,
Nada pode haver mais nulo,
Mais degradante e sem sal
Do que uma mulher presumida,
Tola, vaidosa, atrevida.
Soberba, inculta e banal.

Carlos Drummond de Andrade

Amor é o que se aprende no limite, depois de se arquivar toda a ciência herdada, ouvida. Amor começa tarde.

Em As Impurezas do Branco.

Caio Fernando Abreu

Vai passar, tu sabes que vai passar. Talvez não amanhã, mas dentro de uma semana, um mês ou dois, quem sabe? O verão está ai, haverá sol quase todos os dias, e sempre resta essa coisa chamada 'impulso vital'.
Pois esse impulso às vezes cruel, porque não permite que nenhuma dor insista por muito tempo, te empurrará quem sabe para o sol, para o mar, para uma nova estrada qualquer e, de repente, no meio de uma frase ou de um movimento te supreenderás pensando algo como “estou contente outra vez”.

Jean de La Bruyére

(...)Buscamos a nossa felicidade fora de nós mesmos e na opinião de homens que sabemos aduladores, pouco sinceros, sem equidade, cheios de inveja, de caprichos e preconceitos. Que extravagância! Em Do Homem.

Carlos Drummond de Andrade

Ainda que mal pergunte, ainda que mal respondas;
ainda que mal te entenda, ainda que mal repitas;
ainda que mal insista, ainda que mal desculpes;
ainda que mal me exprima, ainda que mal me julgues;
ainda que mal me mostre, ainda que mal me vejas;
ainda que mal te encare, ainda que mal te furtes;
ainda que mal te siga, ainda que mal te voltes;
ainda que mal te ame, ainda que mal o saibas;
ainda que mal te agarre, ainda que mal te mates;
ainda assim te pergunto e me queimando em teu seio, me salvo e me dano: amor.

Em As Impurezas do Branco.

São Pio de Pietrelcina

Experimente fazer tudo com amor, com muito amor, com todo amor.

Soren Kierkegaard

(...)Uma vez que o amor se furta a qualquer explicação, todos os amantes se tornam igualmente ridículos.

Em O Banquete (Discurso do Mancebo, o sem experiência no amor).

Jean de La Bruyére

(...)Muitas vezes chega a esquecer os seus mais caros interesses, o repouso e a segurança, pelo amor que tem à mudança e pela mania de novidade ou das coisas extraordinárias.



Em Os Caracteres.

Clarice Lispector

Uma das coisas que aprendi é que se deve viver apesar de. Apesar de, se deve comer. Apesar de, se deve amar. Apesar de, se deve morrer. Inlcusive muitas vezes é o próprio apesar de que nos empurra para a frente. Foi o apesar de que me deu uma angústia que insatisfeita foi a criadora da minha própria vida.

Em Uma Aprendizagem ou o Livro dos Prazeres.

Carlos Drummond de Andrade

Há duas épocas na vida, infância e velhice, em que a felicidade está numa caixa de bombons.

Mateo Alemán

Quem não tem necessidades próprias dificilmente se lembra das alheias.

Mohammad Mahdi Al-Jawahiri

Acontece com os homens o mesmo que se passa com as paixões: há as nobres e as outras.

Theodore Wiesengrund Adorno

Liberdade não é poder escolher entre preto e branco mas sim abominar este tipo de propostas de escolha.

Konrad Adenauer

Vivemos todos sob o mesmo céu, mas nem todos temos o mesmo horizonte.

Joseph Addison

Um temperamento agradável pode compensar-nos da falta de beleza, mas a beleza não basta para nos indenizar de um temperamento desagradável.

Kobo Abe

A liberdade não consiste só em seguir a sua própria vontade, mas às vezes também em fugir dela.Em A Face de Outro.

Carlos Drummond de Andrade

Eu desconfiava: todas as histórias em quadrinho são iguais.
Todos os filmes norte-americanos são iguais.
Todos os filmes de todos os países são iguais.
Todos os best-sellers são iguais.
Todos os campeonatos nacionais e internacionais de futebol são iguais.
Todos os partidos políticos são iguais.
Todas as mulheres que andam na moda são iguais.
Todos os sonetos, gazéis, virelais, sextinas e rondós são iguais e todos, todos os poemas em verso livre são enfadonhamente iguais.

Todas as guerras do mundo são iguais.
Todas as fomes são iguais.
Todos os amores, iguais iguais iguais.
Iguais todos os rompimentos.
A morte é igualíssima.
Todas as criações da natureza são iguais.
Todas as acções, cruéis, piedosas ou indiferentes, são iguais.
Contudo, o homem não é igual a nenhum outro homem, bicho ou coisa.
Ninguém é igual a ninguém. Todo o ser humano é um estranho ímpar.

Em A Paixão Medida.

Olavo Bilac

Não me fales das lágrimas perdidas, Não me fales dos beijos dissipados!
Há numa vida humana cem mil vidas, Cabem num coração cem mil pecados!

Em Vita Nuova.

Goethe

Quem tem bastante no seu interior, pouco precisa de fora.

Friedrich Nietzsche

Quem luta com monstros deve velar para que, ao fazê-lo, não se transforme também em monstro.

Obrigada, primo!

Nicolas Sébastien-Roch Chamfort

A felicidade não é algo fácil: é dificílimo encontrá-la em nós e impossível encontrá-la em outro lugar.
Le bonheur n’est pas chose aisée, il est très difficile de le trouver en nous et impossible de le trouver ailleurs.

Millôr Fernandes

Ele foi cavando, foi cavando, cavando, pois sua profissão - coveiro - era cavar.
Mas, de repente, na distracção do ofício que amava, percebeu que cavara de mais. Tentou sair da cova e não conseguiu. Levantou o olhar para cima e viu que, sozinho, não conseguiria sair. Gritou. Ninguém atendeu. Gritou mais forte. Ninguém veio. Enlouqueceu de gritar, cansou de esbravejar, desistiu com a noite. Sentou-se no fundo da cova, desesperado. A noite chegou, subiu, fez-se o silêncio das horas tardas. Bateu o frio da madrugada e, na noite escura, não se ouvia mais um som humano, embora o cemitério estivesse cheio dos pipilos e coaxares naturais dos matos.
Só pouco depois da meia-noite é que lá vieram uns passos. Deitado no fundo da cova o coveiro gritou. Os passos se aproximaram. Uma cabeça ébria apareceu lá em cima, perguntou o que havia: «O que é que há?»
O coveiro então gritou, desesperado: «Tire-me daqui, por favor. Estou com um frio terrível!».
«Mas coitado!» - condoeu-se o bêbado. - «Tem toda raz…

Jean de La Bruyére

Quem sabe esperar o bem que deseja não toma a decisão de se desesperar se ele não chega; aquele que, pelo contrário, deseja uma coisa com grande impaciência, põe nisso demasiado de si mesmo para que o sucesso seja recompensa suficiente. Há pessoas que querem tão ardente e determinantemente certa coisa, que por medo de perdê-la, não esquecem nada do que é preciso fazer para perdê-la. As coisas mais desejadas não acontecem; ou se acontecem, não é no tempo nem nas circunstâncias em que teriam causado extraordinário prazer.Em Os Caracteres.uau

Soren Kierkegaard

A inveja é uma admiração que se dissimula. O admirador que sente a impossibilidade de ser feliz cedendo à sua admiração, toma o partido de invejar. Usa então duma linguagem diferente, segundo a qual o que no fundo admira deixa de ter importância, não é mais do que patetice insípida, extravagância. A admiração é um abandono de nós próprios penetrado de felicidade, a inveja, uma reivindicação infeliz do eu.

Em O Desespero Humano.

Millôr Fernandes

Certo dia uma rica senhora viu, num antiquário, uma cadeira que era uma beleza. Negra, feita de mogno e cedro, custava uma fortuna. Era, porém, tão bela, que a mulher não titubeou - entrou, pagou, levou para casa.
A cadeira era tão bonita que os outros móveis, antes tão lindos, começaram a parecer insuportáveis à simpática senhora. (Era simpática).
Ela então resolveu vender todos os móveis e comprar outros que pudessem se equiparar à maravilhosa cadeira. E vendeu-os e comprou outros.
Mas, então a casa que antes parecia tão bonita, ficou tão bem mobilada que se estabeleceu uma desarmonia flagrante entre casa e móveis. E a senhora começou a achar a casa horrível. E vendeu a casa e comprou uma outra maravilhosa. Mas dentro daquela casa magnífica, mobilada de maneira esplendorosa, a mulher começou, pouco a pouco, a achar seu marido mesquinho. E trocou de marido.
Mas mesmo assim não conseguia ser feliz. Pois naquela casa magnífica, com aqueles móveis admiráveis e aquele marido fabuloso, todo m…

Baltasar Gracián

Costuma ser cansativo o homem de um só negócio e de uma só conversação. A brevidade é lisonjeira e ainda mais negociante. Ganha por ser cortês quem perde por ser breve. O bom, se breve, é duas vezes bom. E mesmo o mau, se pouco, não é tão ruim. (...) Diz-se bem o que se diz depressa.Em A Arte da Prudência.

Eugène Delacroix

(...) O bem supremo seria, então, a tranquilidade. Mas se assim é, porque não colocamos desde logo a tranquilidade acima de tudo? Se o homem está destinado a descobrir um dia que a calma é mais importante do que tudo, porque não adota um tipo de vida que lhe comunique essa calma antecipadamente - uma calma de que não estejam excluídos alguns doces prazeres, bem distintos das perturbações horríveis causadas pelas paixões?! Paixões em relação às quais temos de nos manter vigilantes, de forma a defendermo-nos delas, quando elas se tornam assim ameaçadoras!

Em Diário.

Italo Calvino

A vida de uma pessoa consiste num conjunto de acontecimentos no qual o último poderia mesmo mudar o sentido de todo o conjunto, não porque conte mais do que os precedentes mas porque, uma vez incluídos na vida, os acontecimentos dispõem-se segundo uma ordem que não é cronológica mas que corresponde a uma arquitetura interna. Uma pessoa, por exemplo, lê na idade madura um livro importante para ela, que a faz dizer: "Como poderia viver sem o ter lido!" e ainda: "Que pena não o ter lido quando era jovem!". Pois bem, estas afirmações não fazem muito sentido, sobretudo a segunda, porque a partir do momento em que ela leu aquele livro, a sua vida torna-se a vida de uma pessoa que leu aquele livro, e pouco importa que o tenha lido cedo ou tarde, porque até a vida que precede a leitura assume agora uma forma marcada por aquela leitura.

Em Palomar.

Charles Baudelaire

"As ilusões", dizia-me o meu amigo, "talvez sejam em tão grande número quanto as relações dos homens entre si ou entre os homens e as coisas. E, quando a ilusão desaparece, ou seja, quando vemos o ser ou o fato tal como existe fora de nós, experimentamos um sentimento bizarro, metade dele complicada pela lástima da fantasia desaparecida, metade pela surpresa agradável diante da novidade, diante diante do fato real".

Em Pequenos Poemas em Prosa.

Vergílio Ferreira

(...) E é do NÃO ao que te limita e degrada que tu hás-de construir o SIM da tua dignidade.

Em Conta-Corrente 1.

Gabriel O Pensador - Palavras Repetidas

Nem sempre se pode ter fé
Mas nem sempre a fraqueza que se sente
Quer dizer que a gente não é forte.

John Kenneth Galbraith

The only function of economic forecasting is to make astrology look respectable.


hahahaha

Nicolau Maquiavel

Os homens ofendem mais aos que amam que aos que temem.

Antoine de Saint-Exupéry

Não confundas o amor com o delírio da posse, que acarreta os piores sofrimentos. Porque, contrariamente à opinião comum, o amor não faz sofrer. O instinto de propriedade, que é o contrário do amor, esse é que faz sofrer. (...) Eu sei assim reconhecer aquele que ama verdadeiramente: é que ele não pode ser prejudicado. O amor verdadeiro começa lá onde não se espera mais nada em troca.

Em Cidadela.

Públio Siro

Arrependo-me muitas vezes de ter falado, nunca de ter me calado.

Daniel Galera

O que era mesmo que me causava tanta repulsa nisso tudo? Eu já tinha esquecido. Agora eram objetos inofensivos, nem bons nem maus, apenas inúteis.

Em O Dia em que o Cão Morreu.

Marguerite Yourcenar

Não desprezo os homens. Se o fizesse, não teria direito algum nem razão alguma para tentar governá-los. (...) O nosso grande erro é querer encontrar em cada um, em especial, as virtudes que ele não tem e desinteressarmo-nos de cultivar as que ele possui.

Em Memórias de Adriano.

Raul Seixas

Tem gente que passa a vida inteira travando a inútil luta com os galhos, sem saber que é lá no tronco que está o coringa do baralho.

As Aventuras de Raul Seixas na Cidade de Thor

Oscar Wilde

Também as coisas são na sua essência aquilo em que decidimos torná-las. Uma coisa é segundo o modo como olhamos para ela.

Em De Profundis.

Marguerite Yourcenar

Natura deficit, fortuna mutatur, deus omnia cernit.
A natureza trai-nos, a sorte muda, um deus vê do alto todas estas coisas.

Em Memórias de Adriano.

Oscar Wilde

A fidelidade! Tenho de a analisar um destes dias. Está intimamente associada à paixão da propriedade. Há muitas coisas que atiraríamos fora se não receássemos que outros as apanhassem.

Em O Retrato de Dorian Grey.

Marguerite Yourcenar

Gherardo, não te enganes sobre as minha lágrimas: vale mais que os que amamos partam quando ainda conseguimos chorá-los. Se ficasses, talvez a tua presença, ao sobrepor-se-lhe, enfraquecesse a imagem que me importa conservar dela. Tal como as tuas vestes não são mais que o invólucro do teu corpo, assim tu também não és mais para mim do que o invólucro de um outro que extraí de ti e que te vai sobreviver. Gherardo, tu és agora mais belo que tu mesmo.
Só se possuem eternamente os amigos de quem nos separamos.

Em Sistina.

Oscar Wilde

Já se disse que os grandes acontecimentos do mundo ocorrem no cérebro. É também no cérebro, e apenas neste, que ocorrem os grandes pecados do mundo.

Em O Retrato de Dorian Gray.

Fernando Pessoa (Bernardo Soares)

Cansamo-nos de tudo, exceto de compreender. O sentido da frase é por vezes difícil de atingir. Cansamo-nos de pensar para chegar a uma conclusão, porque quanto mais se pensa, mais se analisa, mais se distingue, menos se chega a uma conclusão.
Caímos então naquele estado de inércia em que o mais que queremos é compreender bem o que é exposto - uma atitude estética, pois que queremos compreender sem nos interessar, sem que nos importe que o compreendido seja ou não verdadeiro, sem que vejamos mais no que compreendemos senão a forma exata como foi exposto, a posição de beleza racional que tem para nós.
Cansamo-nos de pensar, de ter opiniões nossas, de querer pensar para agir. Não nos cansamos, porém, de ter, ainda que transitoriamente, as opiniões alheias, para o único fim de sentir o seu influxo e não seguir o seu impulso.

Em O Livro do Desassossego.

François de La Rochefoucauld

Nada é mais hipócrita do que pedir ou dar conselhos. Quem pede, parece ter um respeito venerando pelos sentimentos do amigo a quem os pede, mas, no fundo, quer é fazer aprovar os sentimentos próprios e, assim, tornar o outro responsável pela sua conduta. Por outro lado, o que presta os conselhos retribui a confiança que lhe é dada, com um zelo ardente e desinteressado, apesar de, quase sempre, querer, através dos conselhos que dá, satisfazer os seus interesses ou a sua glória

Em Reflexões.

Walter Kaufmann

A maioria das pessoas só se convencem de ter razão depois que outras pessoas concordam com elas. Mas alguns de nós não achamos nada mais perturbador do que as nossas próprias palavras ditas por outros.

Em Crítica da Religião e da Filosofia.

Raul Seixas

Gente é tão louca e no entanto tem sempre razão. Quando consegue um dedo, já não serve mais, quer a mão. E o problema é tão fácil de perceber, é que gente nasceu pra querer.

Gente

Josh Billings

Seja como um selo: aguente até chegar ao seu destino.

Orson Welles

Muitas pessoas são bastante educadas para não falar com a boca cheia, porém não se preocupam em fazê-lo com a cabeça oca.

Fiódor Dostoiévski

Acontece que a mágoa verdadeira e indiscutível é às vezes capaz de tornar grave e resistente até um homem fenomenalmente fútil.

Millôr Fernandes

Um idiota nunca aproveita a oportunidade. Na verdade muitas vezes o idiota é oportunidade que os outros aproveitam.

Carlos Bernardo González Pecotche

Quanto luta o homem por sua liberdade! E pensar que por dentro é tão escravo...