Victor Hugo

A suprema felicidade da vida é a convicção de ser amado por aquilo que se é; ou, mais corretamente, de ser amado apesar daquilo que se é.

Comentários